sábado, 7 de janeiro de 2012

ELEFANTE

Eu sou um elefante
Filosofando, passante, inadequado.
Eu sou um elefante
Caminhando, errante, indomado...

Eu sou um elefante
Deslizando, gigante, desajeitado,
Eu sou um elefante
Empedernido, rotundo, arrastado...

Eu sou um elefante
Esmagando flores com as patas
Vagueando em paisagens de sonho
Tateando com a tromba as matas
Vendo a vida com olhos tristonhos

Eu sou um elefante
Quebrando tudo sem querer
Eu sou um elefante
Vivendo e morrendo sem saber...

Eu sou um elefante
Não consigo coçar minhas costas
Eu sou um elefante
Indesejado e sem respostas

Eu sou um elefante
Assustando crianças de colo
Assistindo à aurora dos dias
Assentando as pegadas no solo
Abanando as orelhas vadias


Elefante, elefante...
Paquiderme no centro da cena
Eu sou um elefante
Uma lembrança selvagem, uma imagem serena...

Nenhum comentário:

Postar um comentário